11 Dicas para poupares bateria no teu Android

Este é, sem sombra para dúvida, um dos grandes problemas dos dispositivos actuais: o consumo “exagerado” de energia.
Actualmente, utilizamos cada vez mais o smartphone/tablet para realizar tarefas, “antigamente” atribuídas aos nossos computadores. 

b1

A pensar nisso, juntamos num artigo 8 dicas essenciais para poupares bateria no teu Android. Porque pequenos gestos fazem sempre a diferença.


1. Reduzir o brilho do ecrã

Parece óbvio não é? No entanto este é um aspecto muitas vezes esquecidos pelos utilizadores.
Hoje em dia, grande parte dos smartphones tem um ecrã de 5 polegadas ou mais. Este é o principal “consumidor” de energia do nosso dispositivo, por isso a bateria irá durar mais se reduzires o brilho.

-> Procedimento:

Abre as Definições do teu smartphone/tablet e clica em Ecrã. Selecciona Brilho e desactiva o brilho automático – Sim, por incrível que pareça, ter o brilho automático não ajuda na hora de poupar bateria. É mais eficaz definir um valor fixo.
Sendo assim, move o regulador até chegar a um limite que consideres aceitável para o teu dia-a-dia e por fim clica no botão OK.

b2


2. Desactivar o Wi-fi e o Bluetooth

Quando saímos de casa e vamos pela rua, certamente não precisamos de ter a antena wireless nem o Bluetooth do dispositivo activo. O mesmo serve quando estamos num local onde sabemos que não existe uma rede wi-fi ou não sabemos a password das redes disponíveis.
Podemos e devemos nestas ocasiões, desligar estes dois itens que são verdadeiros devoradores de bateria. Para tal, existem duas maneiras de o fazer.

-> Procedimento 1 – Barra de Notificações

Acede à barra de notificações do teu Android e clica uma vez sobre os símbolos de Wi-fiBluetooth para os desligares (os ícones devem ficar sem cor).

b3

 

-> Procedimento 2 – Através das Definições

Abre as Definições do teu dispositivo. Logo no início verás no sub-menu “Redes sem fios e outras Wi-fi e o Bluetooth. Desliga para a esquerda a barra azul (a cor depende do dispositivo) e verás que passará de “Activado” para “Desactivado”.

b4

 


 

3. Desactivar o GPS

Senão precisares do Sistema de Localização do teu Android, desliga-o. Muitas aplicações estão a enviar frequentemente a nossa localização em segundo plano (sem nos apercebemos de tal). No caso de ires correr ou precisares do GPS para uma viagem, activa essa função manualmente. O GPS é provavelmente o maior consumidor de bateria.
Existem também duas formas de desactivares estas funções:

 

-> Procedimento 1 – Através da Barra de Notificações

Acede à barra de notificações e clica uma vez sobre o símbolo do GPS (o ícone deve ficar sem cor).
Tem em atenção que este procedimento apenas desliga a antena que te permite localizar os Satélites GPS, deixando o Acesso à Localização activo.

b5

 

-> Procedimento 2 – Através das Definições

Abre as Definições e no sub-menu Pessoal, clica em Acesso à Localização. Tira o visto do Acesso à minha localização e desliza para a esquerda a barra dos Satélites GPS, de modo a desactivá-los.

b6

 


 

4. Identificar as aplicações que mais energia consomem

Nem sempre conseguimos identificar claramente o motivo pelo qual a bateria acaba mais rapidamente nuns dias que outros. O Sistema Operativo Android “oferece” uma boa visão sobre as aplicações/processos que consomem mais energia.

-> Procedimento:
Abre as Definições e no sub-menu Dispositivo, clica em Bateria.

b8

Tal como podes ver, é apresentada uma lista com as aplicações que estão a consumir bateria e respectivo consumo em percentagem. Se clicares numa delas, verás mais detalhes, tais como quanto tempo esta ocupou o processador e quantos dados recebeu, por exemplo.

Se repares que uma determinada aplicação está a ter um consumo excessivamente alto, limpar o cache (clica no botão Informações da Aplicação) pode ajudar.
Caso contrário, o melhor será apagar essa aplicação e tentar encontrar outra semelhante que consuma menos bateria.

 


 

5. Não usar imagens de fundo animadas

As imagens de fundo animadas, apesar de serem muito bonitas são verdadeiras campeãs de consumo de bateria. 
Sendo assim, o ideal é usares uma imagem de fundo estática (sem movimentos/animações). 
No caso de teres um dispositivo cujo ecrã é AMOLED, o mais eficaz é mesmo usar uma imagem de fundo de tons escuros – este tipo de ecrã ilumina apenas os pixeis coloridos. Desta forma, os pixeis pretos ficam apagados e o dispositivo irá economizar bateria.

 


 

6. Gerir a sincronização de contas em 2º Plano

Existem muitas aplicações e widgets que se actualizam em segundo de plano. 
Os widgets de informações meteorológicas ou das redes socais, procura por informações actualizadas em intervalos de tempo regulares. Se esses intervalos de actualização forem, por exemplo, de 30 minutos, a bateria terá de fornecer mais energia.
Podes desactivar essa actualização automática ou sincronizar um intervalo de 3 em 3 horas por exemplo.

Outro aspecto importante é a sincronização das nossas contas na web. 
Contas de e-mail, redes sociais, dropbox (cloud), Skype, Google e afins, requerem uma constante actualização para termos tudo sincronizado, tanto no nosso Android, como na Web

Esta operação só faz sentido se estivermos ligados a uma rede wireless, pois é quando funciona essa sincronização. Recomendamos assim que sincronizes os dados das tuas contas manualmente, sempre que achares conveniente.
b9Ora, imaginem o vosso smartphone com o wi-fi, Bluetooth, GPS, sincronização e ligação a dados móveis, tudo activo ao mesmo tempo? Não há, infelizmente, bateria que aguente!

7. Desactivar actualizações de aplicações automáticas – Google Play Store

Por predefinição, a loja de aplicações Android, Google Play Store está configurada para realizar o download automático (quando temos uma ligação wi-fi e/ou dados móveis) das actualizações de aplicações instaladas no nosso dispositivo.

Além de poder resultar numa “surpresa” no nosso plano de dados móveis, resulta num consumo desnecessário da nossa preciosa bateria.

-> Procedimento:

Abre a Play Store e acede às suas Definições. 
Clica em Atualizar automaticamente aplicações e activa a opção Não atualizar automaticamente aplicações.
Exactamente como se pode ver na próxima imagem:

 

b


 

8. Reduzir o tempo de inactividade para bloquear o ecrã

Por norma, o sistema operativo Android tem um bloqueio automático de ecrã, que depende de um tempo definido.
Normalmente este tempo está definido por um minuto. Ou seja, se pousarmos o smartphone sem bloquear o ecrã e tão cedo não precisarmos dele, o ecrã apenas se irá apagar quando esse intervalo de tempo definido se esgotar …
É caso para dizer que todos os minutos fazem a diferença.
Podes então definir este tempo para o valor mínimo = 15 segundos.

-> Procedimento:

Abre as Definições e no sub-menu Dispositivo, clica em Ecrã.
Clica em Suspensão  e selecciona o primeiro valor = 15 segundos.

b1


 

9. Desactivar o Haptic-Feedback (Resposta táctil)/Sons de teclado

Quando compramos ou repomos os valores de origem do nosso dispositivo Android, certamente reparas que cada vez que tocamos no ecrã, existe uma resposta vibrante na ponta do nosso dedo. Esta função é conhecida como haptic-feedback e, para variar, é mais um consumidor de energia.

-> Procedimento

Abre as Definições e clica em Perfis de áudio (sub-menu Dispositivo). Por norma existem quatro perfis predefinidos: Geral, Silencioso, Reunião e Ar Livre. Clica no símbolo das Definições e desactiva as seguintes opções:
– Sons dos toques no teclado de marcar;
– Vibrar ao tocar.

b2

Vais ver que notarás grande diferença.


10. Desactivar os dados móveis

O facto de podermos aceder à Internet em qualquer lugar, através de uma ligação dados móveis, da nossa operadora telefónica, é hoje em dia algo muito banal.
No entanto, as marcas não produziram os smartphones/tablets para estarem ligados todo o dia a este tipo de ligação.
Como consequência, manteres a ligação a redes móveis activa, não te vai ajudar a poupar bateria.
Deves apenas activar este tipo de ligação quando a fores usar.

-> Procedimento:

Mais uma vez, abre as Definições e clica sobre Mais … no sub-menu Redes sem fios e outras.
De seguida selecciona Redes Móveis e depois Conexão de dados.
Aí, deixa a opção desligado activa, tal como podes ver na imagem:

bb


 

11. Usa baterias originais

Usa apenas baterias originais. Comprar baterias “compatíveis” para poupar dinheiro pode sair bem mais caro, do que uma da marca do teu dispositivo.
São muitos os relatos de equipamentos danificados, e que infelizmente provocam ferimentos nos aos seus donos. Algo que encontras facilmente na Internet.

b


Segue as nossas dicas e verás que a diferença na autonomia do teu smartphone/tablet será ENORME.
Usas outras formas para poupar bateria? Deixa-nos as tuas sugestões nos comentários.

Visita-nos no Facebook 😉

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s